facebook

Transmedia-MTS


 

Título: Em viagem transmedia pelo património do Médio Tejo com Saramago
Acrónimo:
Transmedia-MTS
Referência:
CFPI2020/08
Techn&Art área preferencial: 
Valorização do Património Cultural e Artístico
Financiamento
: 18 300,00
Âmbito:
Nacional
Região:
Médio Tejo

Resumo:
Este projeto de investigação visa divulgar o património cultural do Médio Tejo, através do ponto de vista de um escritor, José Saramago, que descreve este território na sua vasta obra e em particular no livro Viagem a Portugal.
Pretende-se criar cenários transmedia, em torno da obra de José Saramago, em que o utilizador é envolvido num ambiente imersivo e se torna também ele produtor de sentidos e de conteúdos, em torno do património local.
Serão criados percursos transmedia, que espelham a visão do autor, disponibilizados através de múltiplos canais de distribuição com o objetivo de criar uma experiência de entretenimento unificada e coordenada, onde cada um destes canais faz a sua contribuição para o conhecimento desse património.
Desta forma, é possível proporcionar aos utilizadores aprendizagens ativas e integradas através da interpretação das manifestações do património, quer material, quer imaterial. Todos os cenários criados serão disponibilizados numa plataforma digital, acessível à população em geral.
Nesse sentido, o problema de investigação ao qual o projeto pretende dar resposta é:
De que forma a visão de um dos mais conceituados escritores portugueses, prémio Nobel da Literatura, José Saramago, pode contribuir para o conhecimento e valorização do património do Médio Tejo?
Os objetivos são:
A) Descobrir o território do Médio Tejo, através de percursos transmedia criados a partir do olhar de José Saramago.
A.1- Disponibilizar uma plataforma dos conteúdos digitais e ferramentas transmedia criados ao longo do projeto, de forma a que fiquem acessíveis a toda a população.
A.2- Criar experiências transmedia sobre os locais descritos por José Saramago, na obra Viagem a Portugal, que possam ser utilizadas de forma autónoma pela população local e pelos visitantes.
A.3- Avaliar a taxa de utilização dos recursos disponibilizados.
A.4- Avaliar a taxa de criação de conteúdos por parte dos participantes/atores.
B) Estabelecer uma relação dialógica entre as perceções do escritor e a de cada um dos participantes/atores.
B.1- Desenvolver conteúdos multimédia, imersivos e interactivos.
B.2- Proporcionar aos utilizadores experiências de co-criação de conteúdos.
B.3- Medir a satisfação da população do Médio Tejo na utilização dos cenários criados.
B.4- Aferir o impacto dos cenários no conhecimento e valorização do património do Médio Tejo, pela sua população.
Metodologias:
1. Etapas:
1.1. Análise da obra e levantamento dos locais retratados pelo escritor.
1.2. Visita aos locais para fotografar, filmar e contactar com alguns dos habitantes, identificar as coordenadas geográficas.
1.3. Recolha de informação sobre cada um dos locais: fotografias antigas, mapas, relatos orais, entre outros.
1.4. Conceção e criação das experiências transmedia sobre os locais descritos.
1.5. Disponibilização dos cenários na plataforma de conteúdos digitais.
1.6. Divulgação e promoção da plataforma.
1.7. Aplicação de questionários de satisfação.
1.8. Tratamento dos dados resultantes da aplicação dos questionários.
1.9. Análise e interpretação dos dados.
1.10. Balanço final e memória descritiva do projeto.
Em termos metodológicos, esta investigação basear-se-á num estudo de caso, apresentando características específicas que decorrem da ação dos diferentes atores.
A população-alvo deste estudo será constituída por:
- População dos municípios descritos na obra
- População do território do Médio Tejo
- Visitantes deste território
Técnicas e instrumentos de recolha de dados:
- Aplicação de questionários de opinião
- Entrevistas a decisores e utilizadores;
- Dados estatísticos de utilização da plataforma
Este projeto enquadra-se na linha temática da valorização do património artístico e cultural, designadamente, nas linhas de ação a) didática, tecnologia e comunicação; b) design e inovação do Techn&Art
- Apresentação de resultados societais esperados.
- Fomentar hábitos de leitura
- Contribuir para aumentar a literacia digital no Médio Tejo
- Revisitar o património do Médio Tejo numa perspetiva dialógica com Saramago
- Envolver os participantes na co-criação de conteúdos
- Estimular a criatividade em torno do património

Investigador Principal:
António Manuel Rodrigues Manso. Ciência-ID: AE17-1477-51C0
Equipa de Investigadores:
Ana Paula Faria Ferreira. Ciência-ID: E511-85D9-1C06
Paulo Alexandre Gomes dos Santos. Ciência-ID: 7F19-9B6E-CB68
Célio Gonçalo Marques. Ciência-ID: 1818-1D13-CA36
Rita Vieira. Ciência-ID: 4517-8018-F18E
João Luz. Ciência-ID: 9713-6B91-43CF
Miguel Duarte. Ciência-ID: A319-931B-7D58
Maria Agripina Ferreira Carriço Lopes Vieira. Ciência-ID: 711C-B899-B627
Maria Rita de Oliveira Nunes d'Angelis. Ciência-ID: 7911-33DB-2CC4
Hermínia Sol. Ciência-ID: 941B-7834-5C49
Manuela Sofia Silva. Ciência-ID: BD1A-CDCA-046C
Jorge Francisco Borges. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-8805-5641
Patrícia Ferreira. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-6637-7914

Instituição proponente:
Instituto Politécnico de Tomar
Instituições parceiras:
Plano Nacional de Leitura
Fundação José Saramago
Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo
Plano Nacional das Artes
Municípios de Abrantes, Constância, Ferreira do Zêzere, Ourém, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei, Vila Nova da Barquinha

Data de início: 01/07/2021
Data de Conclusão:  
01/07/2023